quarta-feira, 16 de abril de 2014

O meu clamor por liberdade

Sei que flores murcham
Sei que tudo um dia acaba
Sei que o tempo é "curto"
Eu até sei que eu vou embora
Quanto o silêncio me vencer
Então "mundo", me suporte
Aguente firme a minha teimosia
Pois minha timidez prevalece
Enquanto eu puder te encarar
Vou gritar no mais alto tom
E se alguém ouvir a minha voz
Que ouça com serenidade
Esse meu clamor por liberdade

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Você tem



Você tem o cheiro da manhã
Cheiro de esperança de viver
O seu beijo tem gosto de maçã
O beijo único que eu quero ter

Você tem os olhos de estrelas
Olhos que brilham a noite inteira
Você tem no peito meio coração
Um coração inteiro junto ao meu

Você tem um jeito tão especial
Que me apaixono todos os dias
Se tornando em mim algo vital

Você tem o meu mundo sabia?
E se eu tenho um dia que morrer
Então quero ter você em outra vida

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A frase certa


Estava lá do outro lado
Quando a noite chegou
Por isso me atrasei amor
Os meus olhos se perderam
No tempo da fantasia
Quando eu procurava a poesia
Em versos diferentes
Daqueles que eu conhecia

Estava meio preocupado
Quando o Sol se escondeu
Por isso eu sentir medo
No meio de uma frase certa
Que eu queria tanto te falar
E que nesse mundo de porta aberta
Eu encontrei a forma perfeita
Para poder te conquistar.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Além do tempo


Vou escrever o seu nome
Entre as estrelas
Vou desenhar o seu rosto
Sob esse lindo luar
Vou colorir o seu coração
Com cores de todas as rosas
Vou levar o seu amor
Muito além do tempo
Que se pode contar

domingo, 12 de janeiro de 2014

O meu íntimo segredo

Foi assim, como um sonho
O jardim e a rosa branca
O céu e o sol da tarde
Seu nome e o meu
Tudo num papel de cartas
Colorido e perfumado
Foi assim mais uma vez
Como já fizemos tantas vezes
Declarações e sensações
Num sonho onde se pode voar
Entre diversas ilhas
Como as aves marinhas
Que vem e vão invernar
Mas até esse dia chegar
Ou a rosa desabrochar
Seu nome se segreda ao meu
Sendo o meu íntimo segredo

sábado, 11 de janeiro de 2014

Tudo muda, todo o tempo

Não quero mais pensar
Em que lado está o sol
Tudo muda, todo o tempo
Eu nem sei onde eu estou
Nem tudo é verdade
E nem tudo mentira
Depende do ângulo que se vê
Não vejo mais as horas
Afinal o que é realidade
Se as ilusões são feitas
De tudo que a gente vê

Se chove lá fora
Então está tudo bem
Mas as vezes chove
Bem aqui por dentro
E ninguém vê
Os pingos da chuva
Além de quem se importa
Mas eu estou cansado
O vento se perde nas direções
E se é verdade ou não
As religiões e crenças
Vou vivendo e crendo
Nas minhas sensíveis sensações

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Só por hoje

Hoje eu preciso de um minuto
O silêncio deixa claro a verdade
As cortinas de papel se rasgam
Toda a história vive na eternidade
Mas eu sei como encontrar você
Eu estou indo te buscar, espere
Não deixe o tempo esquecer
O vento com o seu cheiro
Nunca vai morrer, eu posso sentir
Onde é que você está
Não preciso seguir as estrelas
Nem quero contar cada segundo
A vida mostra a hora exata
De se lidar com o mundo
Deixe que eu grito o seu nome
No meu mais profundo silêncio
Mas só por hoje me dê um minuto
Para abraçar o seu íntimo
Apenas por causa dessa saudade
Que me acompanha a alma
Agitando meu sangue, minha calma
E nesse minuto eu alcançarei
Toda a eternidade...