domingo, 12 de janeiro de 2014

O meu íntimo segredo

Foi assim, como um sonho
O jardim e a rosa branca
O céu e o sol da tarde
Seu nome e o meu
Tudo num papel de cartas
Colorido e perfumado
Foi assim mais uma vez
Como já fizemos tantas vezes
Declarações e sensações
Num sonho onde se pode voar
Entre diversas ilhas
Como as aves marinhas
Que vem e vão invernar
Mas até esse dia chegar
Ou a rosa desabrochar
Seu nome se segreda ao meu
Sendo o meu íntimo segredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário